Gabo,

Literatura-Gabriel-Garcia-MarquezO ano era 2004. Definitivamente, um ano em que, por diversas razões, os livros foram muito mais meus amigos do que muita gente. E você estava lá me fazendo companhia. Lembro como se fosse hoje o dia em que comecei a ler “O amor nos tempos do cólera”. Em uma única tarde, li tantas páginas, quase a metade. Porque seus livros são assim: a gente não consegue largar. A gente se envolve, se apega, se emociona. Logo depois, “Cem anos de solidão”. Mais uma vez, um grande livro, uma grande história. Personagens memoráveis. Até hoje, certos acontecimentos me lembram Úrsula. Suas histórias e seus personagens são assim: acompanham a gente o resto da vida.

Isso para falar dos livros mais conhecidos…

Obrigada por tantas histórias. Celebremos a sua vida, que foi incrível.

Gabriel García Márquez – 1927 – 2014

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s